Expocine 2023 inicia com grandes nomes do setor, treinamentos para a indústria e o olhar para o futuro


Maior convenção de negócios de cinema da América Latina, a Expocine começou ontem (03/10) a sua 10ª edição e reuniu grandes nomes do mercado audiovisual na cerimônia de abertura, realizada no Cine Marquise, em São Paulo. Viviane Ferreira, diretora-presidente da SPCine; Joelma Oliveira Gonzaga, Secretária do Audiovisual do MinC e Juan Zapata, da Zapata Filmes - foram alguns dos nomes presentes no evento.

 

Joelma Oliveira Gonzaga reforçou o compromisso da gestão com a cultura e o audiovisual nacional em seu discurso: "Ter uma arena qualificada para a construção de espaços e proposições efetivas de pontos que podem interligar o elo da exibição, através de comercializações e parcerias, mas também contribuir para o diálogo no campo da distribuição é um privilégio. Aqui na Expocine precisamos falar especialmente de debates prioritários, o parque exibidor brasileiro e as condições de distribuição de filmes nacionais". Joelma reforçou ainda que a pasta está seguindo diretrizes guiadas pela presidência, na qual há a prioridade de nos tornarmos mais industriais e competitivos "Nesse caminho, a secretaria do audiovisual vem atuando de maneira contínua na estruturação da governança do setor e com a nova estruturação do conselho superior de cinema vamos formular nosso plano de diretrizes e metas para os próximos 10 anos".

 

Viviane Ferreira, diretora-presidente da Spcine, comentou sobre a importância dos painéis e conteúdos da Expocine para o desenvolvimento e o crescimento do setor. "Nesse espaço de encontro e troca entre agentes do setor, podemos manter reflexões sobre políticas de internacionalização, investimentos e atração de investimentos para a cidade de São Paulo. A Spcine olha estrategicamente para estes fatores para a ampliação de emprego e renda na cidade, além de um aquecimento da atividade audiovisual para cada vez mais consolidar nosso setor".
 

Marcelo Lima, idealizador e organizador da Expocine, destacou a importância de mais uma edição: "Quando começamos em 2014 tínhamos o desafio da digitalização de cinemas do Brasil, tínhamos o desafio de unir os atores do mercado e mostrar pra eles tudo o que era possível pra não deixar as salas de cinemas fecharem, e o resultado está aí. Temos um parque exibidor digitalizado e em franco crescimento, que passou por todos os desafios do pós pandemia. Poder agora reunir novamente uma coleção tão grande de apoiadores e painéis que possam discutir o nosso presente e o futuro é uma grata surpresa".

 

Expocine Decupa

 

Durante o dia 03, aconteceu o Expocine Decupa, um novo evento criado para estudantes e interessados em ingressar no mercado audiovisual. A iniciativa foi uma parceria com o ICAB – Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros e CIEE - Centro de Integração Empresa-Escola. Os participantes tiveram oportunidade de conhecer cada etapa da produção de um longa nacional - desde sua concepção com o roteiro até a estreia - estudando a produção "O Sequestro Do Voo 375" (Estúdio Escarlate/Star Original Productions) com os profissionais que participaram da produção do filme. Ao final do evento, os presentes tiveram a oportunidade de conferir o resultado assistindo ao filme em primeira mão. "O Sequestro Do Voo 375", estrelado por Jorge Paz e Juliana Alves, estreia no Brasil no dia 7 de Dezembro.

 

"Até quem gosta de filmes nunca imagina que existem tantas etapas, que tantos negócios são encaixados um no outro pra fazer um filme realidade", comentou Vitor Hugo, estudante e podcaster do Filmologiacast. "É importantíssimo que jovens profissionais entendam sobre a cadeia produtiva do audiovisual, que possam ter uma noção melhor dos processos. Encontros assim os ajudam a explorar melhor cada etapa e onde cada um pode atuar na produção de um filme", completou Zarhi, da WN Produções

 

1º Dia Expocine - Painéis sobre Arte e Economia, Políticas Públicas e incentivos às produções audiovisuais

 

Nesta quarta-feira, 04, o primeiro dia de programação oficial da Expocine, o evento contou com as apresentações das distribuidoras Vitrine Filmes, Manequim Filmes, Disney, O2 Play e Sony que mostraram aos executivos do mercado as suas novidades para o final do ano e para 2024. Os atores Rafael Infante, Juliana Alves e Fabrício Boliveira marcaram presença, divulgando seus projetos futuros para a telona.

 

A programação do dia ainda contou com duas oficinas: "Produção, sistematização, análise e utilização de dados no setor" e "Criando séries para e com crianças e adolescentes". E dentre os painéis e palestras, o evento discutiu temas como a dificuldade de conciliar arte e economia no audiovisual, políticas públicas para o setor na América Latina, como atrair mais produções internacionais para as cidades brasileiras e os mitos e verdades sobre os incentivos às produções audiovisuais. Os pitchings de prefeituras e film commissions, que visam apoiar a recuperação do setor e incentivar o desenvolvimento de novas produções em território nacional, também ganharam espaço no evento nesta quarta-feira. E uma reunião de film commissions foi espaço para o debate sobre como ampliar o turismo audiovisual no Brasil.

 

Encerrando o dia, a Downtown Filmes exibiu o longa "MUSSUM, O Filmis", protagonizado por Aílton Graça e grande vencedor do Festival de Gramado deste ano, com seis Kikitos, incluindo o de melhor filme. Aílton Graça e Silvio Guindane, que assina a direção do filme, estiveram presentes no evento. O longa tem previsão de estreia para o dia 02 de novembro.

 

Programação até o final da semana

 

Até sexta-feira, dia 06 de outubro, a Expocine discutirá os desafios e as inovações do mercado em dois espaços: o Cine Marquise e o Renaissance Hotel, separados por apenas 150 metros de distância, na região da Avenida Paulista. Os painéis trazem à tona pautas como o uso de inteligência artificial no cinema, supervisão musical, ESG no audiovisual, novas tecnologias para distribuição e exibição, internacionalização de filmes produzidos em territórios latino-americanos, entre outras.

 

O Cine Marquise, além de ser palco para os painéis, também seguirá abrindo suas portas para as aguardadas apresentações das distribuidoras. H20 Films, Kolbe Arte, Universal, Warner Bros. Discovery e Diamond Films Brasil são as próximas a mostrar suas novidades para o mercado.

 

Completando a programação do espaço, é no Marquise que nos próximos dias acontecem novas oficinas com executivos do setor que vão explorar os conceitos do ESG em produções audiovisuais, investimentos em produtoras brasileiras e proteção de dados e privacidade no audiovisual.

 

Já no Renaissance Hotel, o mercado se encontra para a tradicional feira de negócios, com 50 expositores e mais de 80 marcas de serviço e produtos apresentando suas principais novidades para os mercados de exibição, distribuição e produção cinematográfica. A organização da Expocine 2023 conta com patrocínio de Spcine, Kinoplex, Cinionic, Grupo Consciência, Dolby, GDC, Harkness, HotSound, Ingresso.com, Kinelux, MaxIllusion, Osram, Sharp/NEC, Soluplex, Telecine, Venda Bem, Cine Master, Cervejaria Ravache e ScreenX.
 

Confira a programação completa pelo site do evento.

Andre Guilherme
Andre Guilherme

É Andre, sem acento mesmo. Adoro implicar com a Marvel, então já sabe, se ficar bravo é pior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário